A EDIÇÃO DO VÓMITO

“Em frente a um dos incontáveis urinóis – até em dia de festa poucos minutos temos de esperar pela nossa vez – demoro a processar o que oiço. É como se, chegado o fim do turno, a senhora da limpeza decidisse despejar o balde na sanita. Mas não se trata de balde, nem de água, nem de senhora da limpeza, se não do Ricardo a vomitar.”

CAGAR NO EUROPA

“Tenho como regra evitar ao máximo cagar em casas de banho de clubes nocturnos, é fácil compreender o quão difícil é para este tipo de estabelecimentos manterem uma casa de banho limpa e confortável, como tal não atribuo, por norma, o desmazelo das mesmas aos responsáveis pelo estabelecimento.”